Resposta à leitora

Postado por: Mentalista
Data: 2018-05-12 13:16:49 (Atualizado em: 2018-05-12 13:16:49)

Tags: réplica, resposta, carta

Uma leitora do ObservatorioJw.org enviou-me recentemente um e-mail que posto logo abaixo. Embora ela tenha usado um nome, não vou postá-lo aqui para evitar exposição não solicitada.

Olá!

Cheguei no blog de vocês por curiosidade e é uma pena descobrir qual o objetivo deste. No início eu achei que eram apenas informações dadas sem nenhum teor negativo mas depois fiquei realmente impressionada com a capacidade que as pessoas tem de magoarem nosso Criador. Mas é isso que se espera de pessoas que convivem em um ambiente hostil, governado por satanás. É uma pena que não se mantiveram íntegros e demostraram amor a Jeová. O objetivo das testemunhas de Jeová é apoiar o governo e a soberania de nosso Deus, ele sabe o que é melhor para todos nós. A bíblia é um livro exato e incomparável, basta ler as histórias seculares e chegaremos a essa conclusão. Nós realmente somos incentivados a não investir nesse mundo porque temos que fé que ele vai ser reformulado para termos uma vida digna. Ou vocês acham que é melhor acreditar num mundo fadado ao fracasso? Não seria egoísmo pensar que as coisas continuaram da mesma forma que está, enquanto vemos guerras, doenças acabando com a vida das pessoas?
Vocês demostraram muita inteligência e persuasão em seus argumentos, confesso. Jeová os escolheu para representa-lo aqui na terra mas vocês preferirem se opor a Ele, é a ele toda essa oposição e não as testemunhas de Jeová.
Não devia estar enviando essa mensagem, vocês sabem a verdade! Sabem que tudo o que fazemos é baseado em princípios bíblicos, que somos pessoas IMPERFEITAS, mas mesmo assim saímos de nossas casas para dizer as pessoas que esse sofrimento irá acabar, é só uma questão de tempo para Jeová governar os humanos. Ele podia ter destruído tudo o que criou e começar do zero, mas pelo amor, Ele está dando a chance para a humanidade apoia-lo e aqueles que o seguem viverão para sempre no paraíso.
Realmente, eu sigo o Deus verdadeiro e vou apoiar seu propósito, pois Ele acreditou em mim, assim como acreditou em vocês!

Olá, primeiramente, obrigado por ter nos contado o que pensa. É sempre importante saber o que as pessoas das quais discordamos pensam.

Primeiramente, se você estiver lendo, agradeço por enviar sua opinião. Minha intenção inicial era apenas responder seu e-mail sem postá-lo aqui, mas, pelo português da carta, parece-me que é uma pessoa estudada, talvez acostumada a discutir suas ideias. Além disso, é uma chance de você mostrar seu lado para mais pessoas. Vou comentar agora sobre o conteúdo da sua mensagem.

Não há como não haver teor negativo quando essa religião tem mostrado efeitos negativos. Para ser claro, muito do conteúdo do site é composto de apenas citações das próprias publicações da Torre de Vigia, mais exatamente a seção "Citações". Já a parte do blog indica claramente que pode conter opiniões pessoais, não deixando, porém, de apresentar quando necessários os fatos em questão. Não é o objetivo do blog magoar a ninguém, nem mesmo a Deus, se é que ele existe. O objetivo é apresentar o outro lado da moeda, o lado que a organização esconde.

Respeito seu ponto de vista, que inclui esperar de todos os que não são TJs comportamentos negativos (com base em seus parâmetros). Porém, seu comentário é mais uma prova, no meu ponto de vista, de como essa religião pode infectar até mesmo o que as pessoas esperam umas das outras. Isso é, querendo ou não, uma forma de discriminação.

Creio que a maioria dos dissidentes não acharia uma pena ter deixado essa organização. Uma enquete que fizemos recentemente mostrou que muitos estão lá dentro e infelizes por causa disso. E que muitos que saíram se sentem mais feliz depois de terem feito isso. É bem claro que a organização das TJs tenta colocar na mente de seus membros que eles são os que são felizes de verdade, mas vocês não têm como saber, porque a felicidade de um não é medida pelo outro.

O objetivo que as testemunhas de Jeová em geral podem ter não é necessariamente o dessa organização. Na prática, se você se permitir pensar sobre isso, Deus não tem nenhum papel nessa organização. Por exemplo, quem orienta as TJs são os membros de um "corpo governante", humanos que dizem (e se contradizem depois) que são inspirados por Deus. Porém, na prática, tudo ali é humano. Simplesmente atribuem a Deus, para parecer mais aceitável. Mas não vou ficar falando disso agora, não é o foco desta réplica. Voltando ao objetivo das TJs, na verdade essas coisas são o lema delas, mas na prática não há governo nenhum de Deus atuando na Terra, apenas governos humanos. Um governo divino sequer precisaria de "apoio" humano, e Deus não precisaria de alguém para defender a imagem dele de pessoas que ele eventualmente iria matar (não achei palavra melhor).

Mas friso novamente que o objetivo do site não é falar (ou criticar) sobre Deus, mas sim sobre a organização das testemunhas de Jeová. É importante distinguir Deus de uma organização, embora essa organização meio que funde os dois na prática. Abandonar a uma organização não significa que uma pessoa abandonou todos os elementos de sua fé. Ela só mostra que não concorda que seja uma organização dirigida por Deus. Muitos ex-TJs continuam acreditando em Deus, muitos têm mais fé nele do que quando eram TJs.

Muitos acreditam na Bíblia, o objetivo principal do site é mostrar como as crenças das TJs se contradizem com a própria Bíblia, embora também tenha uma linha onde discute a autenticidade da mesma. O objetivo é mostrar de vários ângulos o mesmo ponto, para que mais pessoas enxerguem o engano.

Nós respeitamos o direito de ter fé das TJs, mas não somos obrigados a concordar com essas crenças. E também podemos discutir sobre isso. Temos essa liberdade, assim como vocês têm a sua. Assim como vocês pensam que estão salvando vidas, nós também pensamos em libertar as pessoas da escravização mental.

Em nenhum momento o blog disse que acredita que o mundo é fadado ao fracasso. Na realidade, eu fui quem postou tudo que está lá, por isso sei bem o que eu disse ou citei de outra fonte. Mas acho interessante fazer um exercício mental: devemos acreditar numa coisa como verdade só por acharmos que ela é melhor, mais bonita, sendo que muitas vezes são até utópicas?

Sobre a parte do egoísmo, eu acho que todo dogma é egoísmo. A pessoa que aceita um dogma pensa ser dona da verdade e, por mais que discuta, não está disposta a mudar de opinião. Porém, mesmo que a pessoa não queira, talvez um dia venha a cair a ficha dela. Eu não acho que sei de tudo, na verdade o que eu sei é que sei muito pouco. As TJs, por outro lado, pensam que têm todas as respostas, sentindo-se muitas vezes superiores aos que não têm o "conhecimento".

Continuando sobre o egoísmo, egoísmo está mais para pensar que o mundo vai ser do jeito que você espera do que aceitar a realidade da coisa e ver que as coisas têm estado fora de controle. Pessoas secularistas também querem um mundo melhor, mas não é por isso que elas têm que acreditar em religiões, em especial na sua. Embora o mundo esteja cheio de maldade, eu tenho certeza que a maioria das pessoas não é má.

Um último ponto que quero comentar sobre egoísmo é que, se você visse os depoimentos das ex-TJs, veria que a maioria delas não acredita mais na organização, mas ainda assim continua na organização para não magoar seus familiares, nem fazer com que percam contato com eles. Você acha que isso é confortável, típico de alguém egoísta? É o que muitos fazem. Conheço pessoalmente mais de 10 ex-TJs, e todos esses(as) são pessoas altruístas, que tentam ajudar suas famílias.

Não nos opomos às testemunhas de Jeová como pessoas, mas sim aos enganos aos quais elas próprias estão submetidas; ao ostracismo; à alienação; ao acobertamento de pedofilia; ao dogmatismo etc. Quem quiser ficar lá, pode ficar; porém, tentamos ajudar as pessoas a verem os dois lados da moeda, e só assim poderem fazer uma decisão balanceada. Quanto à persuasão, particularmente penso que somos persuasivos por usarmos da lógica, desmascarar falácias, falsos argumentos, contradições etc. Ninguém preferiu se opor a deus algum.

Não devia estar enviando essa mensagem, vocês sabem a verdade!
Essa parte eu achei decepcionante, porque mostra que você acha que "sabemos que estamos errados" porém escolhemos nos opor por algum motivo qualquer. Não achamos que estamos errados ao expor essa organização. Pelo contrário, nós fazemos o que fazemos para livrar as pessoas como nós fomos.

Sabemos que vocês pensam que se baseiam em princípios bíblicos, e pensam que sua interpretação da Bíblia é a mais correta. Muitos de muitas religiões também pensam assim. Não temos nada contra "imperfeições", o que na verdade eu considero apenas como natureza humana. É elogiável quem sai para pregar uma mensagem quando pensa que está salvando outras pessoas assim. Porém, isso não é prova alguma de que vocês pregam alguma verdade. A questão no nosso ponto de vista não é simplesmente sobre fazerem promessas para as pessoas sobre fim de sofrimento, mas sim que vocês convertem as pessoas para sua religião, e assim elas ficam presas mentalmente ali, sujeitas ao que mostramos e argumentamos ser falso.

Sobre a parte de Jeová estar dando chance para as pessoas, não quero entrar em debate doutrinário aqui, mas não faz sentido dar a chance para uma parcela de toda a humanidade que já viveu. Ora, por que somente os que vivem nessa geração é que precisam aceitar a pregação, sendo que muitos antes já viveram, já morreram e, segundo suas crenças, vão voltar à vida do mesmo jeito? Se pelo menos essas pessoas atualmente que recusam a pregação morressem naturalmente, então teriam supostamente a chance de viver no "reino milenar". Porém, com a pregação o que estaria acontecendo na verdade é uma condenação em massa, e não uma salvação em massa.

Seja como for, siga o que você acredita. Só isso.

Aprecio que você tenha expressado seu ponto de vista e espero que volte a se comunicar conosco. Não duvide de nossas boas intenções.

Atenciosamente, Mentalista.

Comentários


contato@observatoriojw.org
@2016-2018 OBSERVATÓRIO DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ